29 setembro 2011

Cantinho do Luigi prontinho!

Que tal fazer o post ilustrando? :)

Ja falei por aqui que o Luigi nao teria um quartinho por causa das circunstancias, mas que teria o seu cantinho, todo seu, todo lindo e gotoso como ele!
Se nao leu, veja o post aqui














Leu?
Pronto.

Comentemos:
Falei de como queria o cantinho dele e do que ia ter no cantinho dele né?
Agora vou contar tudinho-inho-inho com detalhes e fotos!



Começando:

Bom, esse é o lugar dele, ainda no começo com apenas o berço e o carrinho, sem graça e sem sal. Ficava olhando e imaginando como que eu ia fazer ficar fofinho e bonitinho pro principe lindo da mamae.

Escolhi as cores, o modelo, os detalhes e fiz um plano no paint! Alan morreu de rir quando viu e disse muito sinceramente: Espero que nao fique assim amor! (arrasada eu!). 
Tudo bem que nao sou la nenhuma profissional no paint, na verdade nao sei manusea-lo bem. #prontofalei
Entao, nao precisa rir muito ta? Vos mostro o meu projeto:



Essa era a ideia. Ainda nao tinha comprado a comoda-banheira-trocador mas ja tinha olhado na net e decidido qual ia ser. Entao pude planejar um pouco mais e aproveitar o espacinho tao pequenininho do pequeno.


Projeto feito, vamos colocar as maos na obra!


A pintura em primeiro lugar!
 Eu quis a parede dividida em duas cores, entao tivemos que colocar fitas para separar antes de pintar, mamis se encarregou das partes altas e eu coloquei nas partes baixas.
 Expectadora e mandante oficial (muito chata por sinal!)
 Papai pintando e la nonna palpitando ajudando
 Papai quase acabando e la nonna dando os toques finais na primeira camada
Papai lindo sujo de tinta


Primeiro dia ok, primeira fase completada. Vamos para a segunda parte da pintura acabamento dos detalhes!

Aqui papai esta montando a comoda-trocador-banheira
p.s.: Adiciono detalhes e legendas na foto abaxo para quem nao conhece, saber que existe essa maravilhosa criaçao 3 em 1, excelente para lugares pequenos como o meu ape. 1: Ai nessa madeira tem um trocador plastico que vai encaixado, e voce troca o bebe e cima dele. Na foto ta sem o trocador,a madeira ta levantada porque o Alan ainda tava montando, mas a madeira junto com o trocador abre e fecha e se encaixa perfeitamente para nao ter perigo de cair no bebe quando ele estiver tomando banho. 2: Ai, é a banheira, que é movel, voce pode usa-la em qualquer lugar, inclusive ai mesmo. 3: Sao as gavetas, que sao até grandinhas viu? Quando vi na internet essa maravilha, nao tive duvidas que seria o mais apropriado para mim!
Do lado da comoda ainda tem um porta-shampoo e coisas pessoais, de plastico mesmo, de mesma cor. Entao coloquei as coisinhas de banho e pos-banho ali.  
Mamae ajudando o papai E dando seu pitaco na segunda parte da pintura
 Pausa para um beijinho
 Tudo devidamente medido com a ajuda do perfeccionismo Milenar
 Começando a segunda parte
 La nonna pintando o nome do netinho
 Luigi
 Toques finais



Eeeeeeeeeeeeeeeee

Tchanran!



Depois de alguns dias, muito trabalho, muito carinho e muito amor, eis o resultado quaaaaaaase final (é, a mae aqui ainda acha que faltam algumas coisinhas)
 Meu cantinho fofis
Meu nome
Minha bolsa da maternidade prontinha e meu amigo Pooh no meu trocador
Aqui é onde eu vou mimir, mamae ainda vai colocar um mobile muito lindo pa mim

Bom, gostaram gente? Ahhh, eu amei!
Ainda faltam umas coisitchas, tipo: O mobile e dois cestinhos, um para roupa suja e outro para lixo, q, ue irao ficar ali entre a comoda e o berço. Mas ainda nao achei nenhum que me agradasse.
Massss tudo bem, vamos buscando como da. 

Como alguns sabem Luigi tem Moooooita roupinha, ganhamos Mooooita roupa. JURO! Entao claro que nao caberia na sua minima comoda, separei as roupas por tamanho e o queridao além de ter mooooitas gavetas na garagem(com as roupas maiores) ainda tem um espaço no guarda-roupa da mamis aqui e do papis. Quer ver?

Detalhe as etiquetas devidamente legendadas para o papis do Luigi nao se perder ao pegar e guardar as roupitchas!
Com zoom e desenhinhos hoho!




Alright!
Post feito, especialmente para voces queridos conhecerem o cantinho do plincipe mais lindo dessa Italia que daqui a pouquinho vai embelezar as nossas vidas com sorrisos banguelos e carinhas gostosas! Espero que tenham gostado, e muito obrigada pelo carinho e amor. 
Beeeeeeeeijos





Mais um susto!

Eis que estou pronta para sair domingo com o Alan e a mamis quando me sinto tonta novamente. Uma semana depois daquele susto, eis que me sinto igualmente mal, com o mundo girando e Mooooito mal-estar. Foram horas de mal-estar, horas de cama, horas horriveis. Dessa vez nao quis ir ao hospital porque isso ja tinha acontecido e eu estava "um pouco" mais tranquila.
Pensei: O que fez a minha tontura passar no outro dia?
O vomito! Ecatch, odeio isso. Masssss, se isso vai me fazer melhorar, vamos la.
Tomei agua quente e cha de erva-doce e camomila, e nada do vomito vir, fiquei deitada, passando SUPER mal. Até que eu estava quase dormindo quando a cabeça escorregou do travesseiro e ficou mais plana. Foi quando consegui por fim vomitar. Nao fiquei estantaneamente melhor, mas conclui que era algo que eu poderia ter comido. Tinha almoçado carne de porco. CRAZY eu né?
Enfim, depois disso fui ficando melhorzinha, a noite foi um pouco ruim, mas ja na estava passando mais mal.

Passado isso, agora tirei todas as comidas pesadas do meu cardapio. Isso inclui frituras e coisas acidas. Agora fico regrando o que como morrendiMEDO de passar mal de novo. E parece que deu certo, estou bem melhor e nao passei mais mal. POREMMMMM estou super-hiper-mega-ultra cansada. Parece que to trabalhando 20 horas por dia, tudo se torna mais dificil, o meu corpo nao obedece a minha mente. Quero fazer mais, quero fazer tudo o que eu quero e que eu fazia antes e isso esta quase impossivel :(
Quando acordo disposta, aproveito! Faco isso, aquilo, e logo depois de um tempo estou eu morrendo de cansaço, deitada na cama. Fico com raiva, fico ansiosa, sei la. Entendo mas nao aceito.
Lidando com isso adquiri uma técnica quando quero fazer algo. Descanso um pouco, nem que seja uns minutos antes de fazer o planejado. Me deito, fecho os olhos e fico la quietinha relaxando e entao consigo mais energia pra ir ao mercado, fazer alguma coisa, ou até mesmo usar o pc.
Isso mesmo, até usar o pc me cansa, minha vista fica cansada e nao to com paciencia de ficar conversando com ninguém. So quero descansar.

As contraçoes estao SUPER presentes a cada dia mais, e ja me incomodam um pouco mais que o normal. Se estou deitada, tenho que sentar porque elas ficam insistentemente apertando os meus orgaos. Mas tudo alright, estamos aqui.


Bom, tenho varias novidades que prometi registrar por aqui, o cantinho do Luigi esta prontinho, e esta tudo ok, faltam pequeninissimas coisas para completar, mas vou colocar foto como prometi, so que vou fazer um post so para isso ta?

Outra coisa, fizemos umas fotos fofissimas, eu o baby, o amor e a mamis. Fotos sao TUDO o que ha gente! Sinceramente, eu amo DEMAIS!
Vou fazer um post so para isso também ta?


Bom, acho que é isso entao, o proximo post vai ser do cantinho do Luigi ta? Beijooooosssssssss

25 setembro 2011

Eu amo meu pai

Luigi esta super serelepe na minha barriga desde que o pai chegou. So pode sentir né?  Sera que sou eu que estou sentindo e por isso ele também sente? Vaisaber!
Sei que ta mexendo muitao. A cada vejo que ele ta maior, mais prontinho pra vir ao mundo, e eu consequentemente mais cansada! Mas tudo bem, to descansando na medida do possivel! Muitos toques finais a serem feitos. Quaaaase acabamos o cantinho do baby e logo mais colocarei as tao esperadas fotos. Agora passei rrapideeenho pra deixar essa foto registrada, que eu amei! Volto logo mais com posts cheios de novidades. Beijosssss

24 setembro 2011

Que susto!

Domingo passado, ha quase uma semana atras, estou eu, lindamente e normalmente vendo algum programa chato da tv italiana mais ou menos as 20h quando sinto minha cabeça girar. Mae, to tonta.
Mamis acredita que aquele seja mais algum miminho da sua doce filha gravida e nao me da muito credito.
MAE, TO TONTA, TO TOOOONTA, TO TONNNNTA.
Agora sim, ela me escutou.

Minha cabeça girava e eu nao conseguia ficar com os olhos abertos ou muito menos me mexer. So ficava com os olhos fechados, falando quase de boca fechada as minimas palavras possiveis.
Pensamentos a mil, preocupada que pudesse ser alguma coisa muito séria, Luigi resolve se pronunciar e me avisar "mamae eu to bem viu?" se mexendo muito. Com aquilo eu estava realativamente mais tranquila, pensando"meu filho esta bem, o problema é comigo". Depois de alguns momentos esmagando a mao da mamis, eis que a vizinha chega! Depois delas conversarem, eu chorar e elas me pedirem para ficar calma e tranquila 40 vezes, a ambulancia chega.

Pressao: ok
Temperatura: 37C
Perguntas e respostas.
Vamos ao hospital.

Depois de uma incrivel viagem deitada naquela maca de uma ambulancia andando de costas, eu toda empacotada (fazia um friozinho la fora), quando cheguei no hospital vomitei até a alma. E a cabeça girANDOOO, girANDOO...
Exames de toque sangue, urina, cardiotocograma, ultrassom, pressao e alguns mais feitos.
Tomei remedio na veia, e soro também. A tonteira passou e fiquei em observaçao.

Depois de AGES, resultado dos exames: NOTHING! (Graças a Deus!)

Mais um tempinho em observaçao, conversinhas com a médica de plantao e sou liberada para ir para casa.

Agora me perguntem, mas afinal o que voce tinha Mi? O que aconteceu?
Nao sei, nao sabemos. Ela disse que pode ter sido milhoes de coisas, o cambio de temperatura brusco(naquele dia tinha esfriado bastante e no dia anterior feito um calorzao), poderia ser o psicologico, ja que faltavam 2 dias pro Alan chegar. Alguma coisa que eu tivesse comido, alguns momentos de pressao baixa/alta. Enfim, quem que sabe?

Sei que voltei super encucada pra casa, e com a liçao aprendida. Se fosse psicologico, isso iria passar no outro dia(terça 20 de setembro) pois o Alan iria chegar. Alimentaçao nao creio que tenha sido porque eu nao comi nada de diferente naquele dia. Por via das duvidas e muito medo de passar por aquilo de novo, descansei bastante naquele dia e qualquer coisinha que pudesse me lembrar uma tontura eu pensava em outra coisa e me deitava tentando ficar relax.

Resolvi nao contar pro Alan, porque ele ja tava vindo pra ca, e tava ansiosissimo, acho que ia ficar super preocupado sem motivos, considerando que eu ja estava bem, em casa e esperando-o.
O "segredo" nao adiantou muito, ja que eu liguei pra casa dele pra saber detalhes do voo e a mae dele atendeu. Contei o que tinha acontecido, acompanhado de um"nao conta por Alan". Nao adiantou de nada! haha.
Mas tudo bem, Alan chegou e adivinhem so!

PASSOU!

Acho que era tudo emocional mesmo gente. Fiquei meio offline de internet esses dias, muita saudade pra matar, muita coisa que conversar, muitas coisas pra organizar.
Baby ta chegando logo mais!
Fiz 37 semanas!
Ta tudo bem, fiz a ultima ultra terça feira, e o baby esta EM POSIçAO DE NASCER!
Lindao, gotosao, com seus 2kilos e 600 graminhas, super pronto e lindo para vir ao mundo.
Quanta emoSSAUM hein!

Bom, postarei logo mais contando sobre o cantinho dele que ja estamos finalizando! Mais emoSSAUM!

Tudo se ajeitando, e ficando muitolindo! Ahh, voces nao tem ideia do quanto de presentes que vieram do Brasil pro principe. Obrigada a todos pelo carinho.
Em especial a familia linda do Alan.
Os pais dele mandaram muiiiitas coisitchas!
A tia Pascoa mandou varias coisinhas fofas, acompanhadas de uma cartinha mais fofa ainda!
Tia Mirian também mandou seu afeto em forma de lindos euros, ela e a vovo Carminha!
As vizinhas do Alan, amigas da mae dele que eu conheci quando estava a SP, tbm mandaram plesentinhos fofis.
Até a bisa de 81 anos bordou toalhinhas com o nome do Luigi!

Bom, escreverei assim que der, prometo!

 Alguns plesentis
Alguns mais
Plesentis ja devidamente lavados e muito mal estendidos por mim

18 setembro 2011

Tres dias pro babe chegar!

Ahhhhhhhhhhhhhhh!!!!



Nao acreditoooooooooooooo!



(Gritos enlouquecidos!)






Como ASSIMMMM o babe ta chegAAAAAAAndo?






...




HA-HA!

Calma gente, nao é o Luigi, é o outro babe, meu Alanzinho Formagio ta chegaaaaaaaaaaaaaando! Finally! Tava mais do que na hora né?
Que saudadessssssssssss!
Que felicidadeeeeeeeee!
Que deliciiiiiia!
3 dias gente!

Depois de quantos meses mesmo hein? Deixa eu contar, pera...
Quase 5 meses, C-I-N-C-O M-E-S-E-S, pode? So nos vimos uma vez no meio desses 5 meses longe um do outro.

Mas agora é pra valer, nao vamos nos ver por uns diazinhos, umas semaninhas, uns mesezinhos, vamos ficar juntinhos sem ter data marcada para se separar! Nao é maravilhoso? To muito, muito, muito feliz!

Depois venho e escrevo mais porque agora, tenho que arrumar umas coisinhas pra chegada do papai mais lindo do ano!

15 setembro 2011

Cantinho do Luigi

Hi people,

Bom, como alguns ja sabem, o ape que estamos morando é super piccolo* mas muito carino*, entao o Luigi  nao vai ter um quartinho, mas um cantinho, e muito lindo diga-se de passagem! -maebabona mode ON-
Olhando pro cantinho dele, onde esta o bercinho que a mamis me deu de presente com o carrinho LINDODEMORRER, fico pensando e imaginando quando ele estiver ali dormindo, bem bonitinho e pequenininho. Ownnn...
(Suspiros!)

5 minutos depois...

Gente, estou planejando e aproveitando o tempo livre pra imaginar algo diferente pro cantinho dele.
Uma coisa tenho certa: Quero algo pra ELE, e nao pra mim. Quero algo que ele goste, que se sinta bem e filiZ no cantinho que a mamae fez pra ele. Quero usar cores, bebes adoram cores diferentes! Ficam olhando feito bobos praquilo que nao sabem o que é, mas que parece ser muito legal! Nao quero deixar um CIRCO o cantinho dele, porque também quero que ele descanse, e com muitas cores assim ele nao vai querer dormir nunquinha, olhando praquele circo colorido.
Enfim, quero que seja terno mas ao mesmo tempo alegre. Sera que eu quero muito?
Bom, to esperando papai Alan chegar pra entao colocar minha ideia na pratica, porque no papel ja esta! Inclusive no paint o projeto do cantinho. Depois que tudo estiver pronto coloco fotos para voces babarem, verem.
Vai ficar muito lindo!

(mais suspiros!)


Coisinhas do cantinho:

Bom, o berço dele ja disse que a mamis me deu de presente. Ele é esbranquiçado, tem uns desenhinhos e toca "brilha brilha estrelinha". Muito LINDO!

O carrinho é aquele que sao 3 sabe?
1. O baby usa até os 6 meses mais ou menos, que é virado de frente pra voce.
2. O bebe conforto, aquele do carro.
3. Voce usa depois que o baby tiver maiorzinho, com mais de 6 meses em diante.

 A comoda-banheira-trocador
Ainda nao compramos, mas vamos proxima semana pega-la! Ela é justamente 3 em uma. Otimo para lugares pequenos.


Sei que todos voces querem fotos! Afinal o que é um post sem fotos né?  Coloco logo mais, I PROMISS!


Beijos and I come back soon!



*piccolo: pequeno
*carino: bonitinho, fofo

14 setembro 2011

Italia eu nao te amo

Ai ai ai Italia, como eu nao gosto de voce.

Se eu fosse citar todas as irritaçoes que eu tive aqui desde que eu cheguei, eu escreveria um post revoltado, enorme e soltando os cachorros em cima de todos.

Primeiro começamos ainda em SP, quando resolvi vir pra Italia, fui no consulado pedir umas informaçoes que a minha mae tinha pedido para eu apurar.
1. Super cedo, ja tinha gente saindo pela janela de tao cheio. ta, nao tem janelas la, é so modo de falar.
2. Um ano e meio de espera para ser atendida
3. Um senhor superHIPERmega grosso pra me atender, que nao me explicou metade do que eu queria saber, e ficava interrompendo o atendimento pra explicar alguma coisa pra outro senhor em italiano.
Eh, hum, tipo,
Senhor, estou aqui ainda.
Desculpe senhor.
Ainda nao terminei de falar.
Pode responder minha pergunta?

Tentativas em vao.
 -Fiqueinamerda.com-
4. Depois de eu ser grossa com ele também, afinal grosseria gera grosseria, ele me encaminhou pra falar com um mocinho la da recepçao. Mocinho da recepçao legal, me explicou o que eu queri saber(mais ou menos), e depois de uma manha de estresses fui MIMbora.

...


Em Fortaleza:
Fui ao consulado com todos os documentos dar entrada no meu visto(sei la o nome) para vir para a Italia, por ricongiugimennto familiare. A moça do consulado conhece minha family, e sabe que minha mamis é cidada italiana, e inclusive até ja tinha feito o mesmo documento pro meu tio vir para a Italia no ano anterior. Entao tudo bem, esperam-se quase 3 meses para que meu passaporte volte com o visto NEGADO. Yes, N-E-G-A-D-O.
Mamis revoltada, eu revoltada, estressada, nervosa, chorona, gravida de 6 meses. Liga-se para o tal do Sr Consul Fulaninho de tal que mora na cidade x e solta-se os cachorros em cima dele e de quem mais vier pela frente.
Mamis diz: Como isso é possivel? Uma filha de cidadao italiano com visto negado?
Consul Fulaninho de tal diz: Nao sei porque aconteceu isso, nao tem nexo! Ninguem pode impedir que seus filhos venham morar aqui. Vou resolver.
Depois de umas horas a mocinha do consulado liga e diz: Ahh, o Sr Consul ligou aqui, estamos enviando novamente os papeis  para Recife e o erro foi meu, coloquei a solicitaçao errada. MUITOLEGAL!
Agora tenho que esperar mais 3 meses pra viajar pra Italia? Se eu queria ter o bebe la, agora torna-se impossivel ja que estava com 6 meses de barrigao e depois disso nao é mais recomendado viajar em voos de longa duraçao. Chorona, estressada, triste, desamparada, gravida de 6 meses mais uma vez pergunto a mamis: E agora o que eu faço?

 (choros)


Mamis diz: Calma minha filha, vou resolver.
Resolvido, viajo em 2 semanas pra Italia, sem visto, sem nada, nem nada. Entro como turista normal, visitando a mamis. Os documentos chegariam por correios assim que o Consulado de Recife os mandasse para Fortaleza. Pelo menos ja estaria eu, muito linda,querida e traquila perto da mamis.

...

Na Italia:
Passa-se o tempo, eu e mamis no ape novo, como ja contei aqui. Esperavamos os documentos chegarem para eu entao tirar os meus documentos italianos e claro ir ao medico para proceder com o pre-natal.(tudo FREE hein). Passa-se mais tempo, com muito estress claro para que chegue o misero papelzinho maldito para eu dar entrada nos documentos. Depois de girar para um lado, para outro, pra ca e pra la, de bicicletinha claro, tirei a "tessera sanitaria provisoria" porque a fixa so vou tirar depois de ir na "questura"(um orgao daqui onde voce tira o RG nacional), essa "tessera sanitaria" é o que voce tem que ter pra ir ao medico aqui. Tirando isso fui marcar uma consulta com o medico. Depois de fazer fuzue^(com acento circunflexo no E, que aqui nesse teclado nao da pra colocar em cima do E.) Tive que andar no tal do medico de base antes da ginecologista/obstetra. Tudo isso demoram-se anos viu? Ou como diz uma giria australiana que eu AMOOO, demoram-se AAAAAGES! Depois de ir a medica, com milhoes de perguntas encucadas da cabeça, mamis do lado pronta para interpretar meu italo-english-espano-portugues, fui super empolgada e filiz que ia fazer o acompanhamento e claro a ultrasom do 3 trimestre que ja estava atrasada!
Chegando la, a querida medica fria-mecanica-insensivel-grossa-estupida-bruta me quebrou as pernas quando disse que a ultra nao estava marcada e que a essa altura do campeonato seria dificil conseguir marcar. Momentos super desagradaveis que eu passei la que nem quero lembrar. Saimos eu e mamis arrasadas e prontas pra quebrar o pau no CUP(lugar onde se marcam os exames).
Resumindo MUITO a historia, fui la dois dias seguidos para marcar outros exames e correr atras da ultra e o principal: Nao voltar nunca mais na sala daquela medica fdp. Queria um outro medico, de preferencia um homem! Ahh, nao sei porque mas acho medicos homens menos brutos, pelo menos com as minhas experiencias. Enfim, choros pra ca, choros pra la, a mulherzinha do CUP me diz que so tem consulta pra outubro com outro medico! Eu falo: Em outubro o Luigi nasce!

(Mais choros)

Minutos de reflexao...


...


Ta bom, fazer o que, em outubro vou ao medico entao.

Ja fiz todos os exames requeridos, so falta a ultra que vai ser segunda feira. Yes consegui marca-la! Alan chega terça feira. Mais uma vez ele chega um dia depois da ultra! hahaa, tadinhoooo, so viu o Luigi quando ele era bem pequenininho com 13 semanas, e nao entendeu nada claro!
Em relaçao a consulta com o medico novo, estou vendo se vou num particular logo depois da ultra, assim nao espero até começo de outubro. Bom, vamos ver. O que me deixa mais tranquila é que a minha gravidez ta sendo ssuper saudavel! E qualquer coisinha o hospital é pertinho daqui de casa. Espero que tudo siga assim, maravilhoso até o Luigi chegar nas nossas vidas!
Bom, voce lendo tudo isso, nao imagina como foi passar por tudo isso gravidissima, depois conto o proximo capitulo da novela "Italia eu nao te amo". Se preparem so pra ver a falta de vergonha que é conseguir dupla nacionalidade italiana sendo descendente de sangue, como é o caso do Alan e do Luigi.
Esse capitulo promete!

Beijos, queijos e cheiros, volto logo mais!

10 setembro 2011

Alle nonne





A arte de ser avó 

Quarenta anos, quarenta e cinco. Você sente, obscuramente, nos seus ossos, que o tempo passou mais depressa do que esperava. Não lhe incomoda envelhecer, é claro. A velhice tem suas alegrias, as sua compensações - todos dizem isso, embora você pessoalmente, ainda não as tenha descoberto - mas acredita.

Todavia, também obscuramente, também sentida nos seus ossos, às vezes lhe dá aquela nostalgia da mocidade.

Não de amores nem de paixão; a doçura da meia-idade não lhe exige essas efervescências. A saudade é de alguma coisa que você tinha e lhe fugiu sutilmente junto com a mocidade. Bracinhos de criança no seu pescoço. Choro de criança. O tumulto da presença infantil ao seu redor. Meu Deus, para onde foram as suas crianças? Naqueles adultos cheios de problemas, que hoje são seus filhos, que têm sogro e sogra, cônjuge, emprego, apartamento e prestações, você não encontra de modo algum as suas crianças perdidas. São homens e mulheres - não são mais aqueles que você recorda.

E então, um belo dia, sem que lhe fosse imposta nenhuma das agonias da gestação ou do parto, o doutor lhe põe nos braços um menino. Completamente grátis - nisso é que está a maravilha. Sem dores, sem choro, aquela criancinha da sua raça, da qual você morria de saudades, símbolo ou penhor da mocidade perdida. Pois aquela criancinha, longe de ser um estranho, é um menino que se lhe é "devolvido". E o espantoso é que todos lhe reconhecem o seu direito sobre ele, ou pelo menos o seu direito de o amar com extravagância; ao contrário, causaria escândalo ou decepção, se você não o acolhesse imediatamente com todo aquele amor que há anos se acumulava, desdenhado, no seu coração.

Sim, tenho a certeza de que a vida nos dá os netos para nos compensar de todas as mutilações trazidas pela velhice. São amores novos, profundos e felizes, que vêm ocupar aquele lugar vazio, nostálgico, deixado pelos arroubos juvenis.



-Raquel de Queiroz- apenas um trecho.

09 setembro 2011

Espere seu bebe querer nascer


Matéria EXCELENTE da Revista Crescer(09.09.11) Vale a pensa dar uma lida!

Alguns estados americanos estão criando regras para que o parto cesárea não seja mais feito antes das 39 semanas. Saiba por que é importante entrar em trabalho de parto e veja quais são os riscos de agendar a data da cesárea - para você e para o seu filho também

Ana Paula Pontes e Isis Coelho






Anatoli/Shutterstock

Sim! Alguns dias fazem muita diferença na vida do bebê. É claro que existem exceções quando a gestação passa das 39 semanas ou, então, quando há realmente um motivo médico para que umacesárea seja feita. No entanto, o aumento exponencial do número de cesáreas eletivas (aquelas realizadas sem nenhuma necessidade), tendo como consequência bebês comproblemas, tem engatilhado uma série de alertas dos médicos sobre essa irresponsabilidade – no Brasil e no exterior. 

Nos Estados Unidos, segundo noticiou a Time, hospitais na Georgia, Flórida e Ohio vêm discutindo sobre o parto cirúrgico feito antes de 39 semanas. No Texas, por exemplo, para limitar os partos antes dessa época, uma legislação começou a entrar em vigor no dia 1o deste mês. Mas será que esse é mesmo o melhor caminho? 
Para Alexandre Pupo Nogueira, ginecologista e obstetra do Hospital Sírio-Libanês (SP), esse tipo de lei significa um descrédito total da medicina. “Não deveria ter uma norma, e sim moral de todos os médicos. É ensinado em qualquer faculdade de medicina os aspectos fisiológicos do bebê na gravidez (e os riscos de ele nascer fora da hora). Então qualquer cesárea agendada sem razão e que resulte em alguma situação com o bebê é passível de processo”, diz. E reforça: “O que acontece é que, na maioria das vezes, por conveniência de algumas mães e médicos sempre há uma justificativa, mesmo que errada.” 

Segundo Eduardo Zlotnik, ginecologista e obstetra do Hospital Albert Einstein (SP), apesar do viés desse tipo de ação dos hospitais americanos ser mais no sentido de proteção e responsabilidade legal, a consequência é boa para o bebê. “Criou-se uma cultura de que o bebê está pronto com 37 semanas, porque para fins de trabalhos científicos não consideramos prematuro a partir dessa época. Só que o momento ideal de ele nascer é quando a mulher entra em trabalho de parto, nunca antes disso”, reforça Alexandre.
Tem que esperar, sim!
Logo na primeira consulta com o obstetra, você fica sabendo em qual provável semana seu bebê vai nascer, certo? E aí já começa a planejar o enxoval, a calcular de que signo ele vai ser, ver se o aniversário dele será perto de algum feriado... Até aí, tudo bem. O problema é que muitas mulheres acabam usando essa estimativa para agendar a data do parto e fazer a chamada cesárea eletiva. Com medo do parto normal, por falta de orientação profissional ou até mesmo por comodidade, a data do nascimento, muitas vezes, acaba sendo decidida previamente. E, se por um lado isso ajuda a família a organizar a chegada do bebê, por outro, a data fixa pode levar ao parto antes do tempo ideal porque não se pode descartar um possível erro no cálculo gestacional.
“É importante esperar que a mulher entre em trabalho de parto pois isso indica a maturidade do bebê e evita maiores complicações tanto para a mãe quanto para a criança”, afirma Wladimir Taborda, doutor em medicina pela Universidade Federal de São Paulo, colunista da CRESCER e autor de A Bíblia da Gravidez (CMS Editora). Se o parto for antes da hora, a criança pode desenvolver problemas respiratórios e, até mesmo, ter de passar alguns dias em uma UTI neonatal para compensar o período em que deveria ter ficado no útero.
Uma recente pesquisa mostra consequências ainda mais graves. Conduzido por cientistas da March of Dimes Foundation, organização não governamental norte-americana que encabeça diversas campanhas contra o nascimento prematuro nos Estados Unidos, o estudo analisou 46 milhões de partos. Os pesquisadores concluíram que o risco de morte é maior para os que nascem antes da 39ª semana em comparação com aqueles que chegam até o final da gestação. A taxa de mortalidade infantil foi de 3,9 para cada mil bebês nascidos vivos a partir da 37ª semana, e de 1,9 para na 40ª semana. Como você viu, mesmo que ele não seja prematuro (ou seja, nasça antes da 37ª semana), não significa que esteja pronto. E, como a cesárea é uma cirurgia, a mãe também corre riscos, como infecção, laceração acidental de algum órgão abdominal, trombose, embolia pulmonar ou hemorragia.
Ninguém está dizendo para se deixar de fazer cesáreas. Esse é um procedimento que salva vidas mas, segundo especialistas, só deve acontecer raramente (veja o quadro) . Em casos de diabetes gestacional ou problemas de pressão arterial, o médico também precisa avaliar. Caso vocês cheguem à conclusão que a cesárea é mesmo necessária, espere pelo menos o seu bebê indicar que quer nascer. O ideal é aguardar pelas contrações (que podem acontecer até a 42ª semana), sempre com acompanhamento do obstetra.
Quando a mulher entra em trabalho de parto, o bebê passa por uma preparação para nascer que começa com as contrações uterinas. Elas funcionam como um alerta para a criança, que passa a liberar substâncias para o amadurecimento final do próprio organismo, como o hormônio corticoide, que age no pulmão – se você estiver em trabalho de parto e for preciso uma cesárea de emergência, a criança já vai estar com o organismo mais pronto. Além disso, o seu corpo também estará mais preparado para amamentar graças a hormônios liberados no trabalho de parto. A segunda etapa ocorre no parto. Quando o bebê passa pelo canal vaginal, os pulmões dele sofrem uma compressão que ajuda a eliminar líquidos e fluídos que possam causar algum desconforto respiratório posterior. É por tudo isso que não vale a pena agendar uma cesárea.
Se você ficou aflita porque agendou o parto do seu bebê ou se estava pensando nessa possibilidade, tente manter a calma: você ainda tem tempo. A primeira atitude é conversar com seu companheiro e com o médico que acompanha você. Diga que deseja esperar pelo trabalho de parto. Como você viu, desde que suas condições de saúde e do bebê estejam normais, não há motivo para desistir. E aproveite para discutir com ele sobre o tipo de parto. Se você não ficar convencida que ele vai tentar o parto normal, veja se não é o caso de procurar a opinião de outro especialista ou até trocar de médico. “Bons profissionais estimulam uma segunda opinião e, inclusive, essa pode ser uma prática saudável para ajudar a diminuir a incidência de cesáreas eletivas no país”, afirma Taborda.
A CESÁREA É INDICADA QUANDO...
• Há sofrimento fetal ou o bebê tem problemas de crescimento.
• Há placenta prévia (quando essa se interpõe entre o bebê e o colo do útero) ou deslocamento prematuro de placenta.
• Existe uma obstrução vaginal (tumor).
• A mãe tem herpes genital e a lesão está ativa até um mês antes do parto.
• Em casos de gestações múltiplas (não é regra).
• A abertura da mãe for pequena para o tamanho do bebê.
• A criança está na posição atravessada ou deitada e não foi possível virá-la para a correta.
Por que tantas cesáreas?
Anatoli/Shutterstock
O Brasil, infelizmente, é campeão nesse ranking. Enquanto para a Organização Mundial da Saúde o índice aceitável seria 15%, dados do Ministério da Saúde mostram que no Sistema Público de Saúde ela representa 37% dos partos, e pasme: em alguns dos hospitais mais renomados de São Paulo, o número pode ultrapassar a casa dos 90%, segundo dados do Sistema de Informações de Nascidos Vivos da Prefeitura de São Paulo. São multifatoriais as causas que justificam esses altos números.
É verdade que existem casos de mulheres que já chegam na primeira consulta dizendo que não querem tentar parto normal porque ouviu da prima de um amigo que uma mulher teve muita dor durante o parto normal. “O médico não pode se calar diante dessa situação. É preciso conversar com o casal e mostrar que muitos dos temores são infundáveis, e isso deve acontecer durante todo o pré-natal”, afirma Eduardo Souza, obstetra, da Universidade Federal de São Paulo. Mas não se pode dizer que as gestantes são as únicas responsáveis por essa situação.
Os estudos, aliás, contradizem essa percepção. Eles mostram que o parto natural faz parte dos planos da maioria no início da gestação, mas elas acabam desistindo da ideia por falta de informação ou desestímulo do médico que a acompanha ou familiares. Luciana Ivanike Isolani, 30 anos, conta que durante sua primeira gestação nem cogitou a possibilidade de tentar o parto normal. “O médico me desencorajou durante todo o pré-natal dizendo que eu não teria dilatação suficiente. Me senti completamente incapaz.”
Um motivo que explica esse grande número de cesáreas é que esse é um procedimento em que os médicos se sentem no controle da situação, justamente por ser uma cirurgia. “Os profissionais se sentem mais seguros”, afirma Gene Declercq, professor doutor do Departamento de Ciências da Saúde Comunitária da Universidade de Boston (EUA). Outro aspecto é a praticidade, tanto para as mães quanto para os obstetras. O médico consegue se organizar para fazer mais de um parto em um só dia, e não ficar horas acompanhando um único trabalho de parto. “Não é raro que a operação aconteça em dias úteis e em horário comercial, o que reforça a comodidade do agendamento. É comum ocorrer picos de cesáreas em vésperas de feriado”, afirma Maria Esther Vilela, obstetra, coordenadora do Departamento de Saúde da Mulher do Ministério da Saúde.
E ainda tem um dos pontos mais polêmicos, o fator financeiro. “Por ser uma cirurgia, a cesárea gera um custo maior e, consequentemente, paga melhor”, afirma Souza. A Agência Nacional de Saúde Suplementar afirmou à CRESCER que o fator cultural, ou seja, a mulher não querer o parto normal, é o determinante para o cenário atual, e não apenas a remuneração dos médicos. Mas, com a data agendada, o especialista tem outra vantagem: ele não precisa perder as consultas do consultório.
Para mudar esse cenário, nos últimos anos a humanização dos partos passou a ser discutida por diferentes setores da sociedade. De acordo com Declercq, para que seja realmente significativa, a mudança deve ir além de questões estruturais. “Colocar fotos bonitas na parede e melhorar a cortina do quarto não é suficiente para definir a humanização do parto. É preciso que os profissionais transformem suas práticas, respeitando as decisões da mulher, as encorajando e interferindo somente quando necessário.” Para que você faça a melhor escolha, informação e confiança no seu médico é que vão fazer a diferença. Não queira nada menos que o melhor para você e para o seu bebê.
BENEFÍCIO DO PARTO NORMAL PARA A MÃE
Você já conhece vários motivos, não é? Uma pesquisa norte-americana revelou mais um: mulheres que entram em trabalho de parto e têm os bebês pelo método natural se sentem mais seguras e tranquilas do que as que fazem cesárea.

Outras fontes: A Bíblia da Gravidez (CMS Editora); Arthur Habib, anestesista do Hospital São luiz (SP); Melania Amorim, professora de ginecologia e obstetrícia da Universidade Federal de Campina Grande (PB).; Martha Oliveira, gerente geral de regulação assistencial da Agência Nacional de Saúde Suplementar

35 semanas GRAVIDISSIMA


Milena
Você está na 35ª semana de gravidez

Seu bebê
Pronto para mamar. O seu bebê adquiriu essa habilidade e já está com os movimentos reflexos, como a sucção, desenvolvidos. Ou seja, refeições e crescimento garantidos na vida fora do útero. Enquanto ele não sai da toca, sabe o que faz? Continua crescendo. Mesmo com o espaço ficando cada vez mais apertado, ele não para de ganhar peso. Chegou aos 2,5 quilos e, por isso, suas pernas e braços se tornaram mais gordinhos nesta semana. Seu filho também deu uma espichada e, da cabeça aos pés, agora mede 45 centímetros, em média. Assim, crescidinho, ele não consegue fazer tantas estripulias na barriga da mamãe. Afinal, o útero já não permite movimentos muito expansivos. Depois que ele nascer, aí, sim, vai voltar a dar muitos chutes e cambalhotas.
Sua gravidez
Gravidíssima. É assim que você se sente ao exibir sua barriga – que agora merece, com todas as honras, ser chamada de barrigão. Ela está com 35 centímetros de altura e, desse jeito, mal sobra espaço para a bexiga inflar. Por isso, é um corre-corre danado o dia inteiro em direção ao banheiro, não é? Falando nisso, muitos médicos indicam nesta fase um exame chamado cultura da secreção vaginal, que aponta a presença ou não de estreptococos no canal do parto. Se houver, hora de exterminá-lo. Mas cuide-se por dentro e por fora também. Na alimentação, reduza ainda mais a quantidade de sal nos alimentos para evitar o excesso de inchaço. Aproveite ainda e faça uma visita ao cabeleireiro. Vale aparar as pontas do cabelo e retocar o esmalte das unhas.



GRAVIDISSIMA mesmo!


Olhem so






Fonte da matéria: www.bebe.com.br (Quem se inscrever la, recebe um boletim semanal de como esta andando a sua gravidez e seu bebe dentro de voce.)

05 setembro 2011

Gravidas sao cheias de si

Assim um amigo me disse quando estavamos conversando outro dia. Ele é fotografo e adora fotografar futuras mamaes, tem um feeling que so voce vendo para fotografar gravidas. Muito talentoso e gente boaça! Meu caro amigo "Gus by the way".
Lembro quando estavamos comentando sobre como é estar gravida, como é chamar a atençao de uma forma diferente na rua, no supermercado, na farmacia, na igreja, e porque nao em casa? Somos exclusivas, pararicadas, queridas, acariciadas, dengadas, mimadas e beijadas. Ai que delicia! Todos querem saber como voce esta, o que quer comer, pra onde quer ir, que horas quer voltar, etc. Sem contar que somos lindas! Nao  interessa os quilinhos  a mais, o que tem na sua barriga é uma vida. Dois coraçoes que batem em um ser, e isso é lindo demais. Estar gravida se resume em uma palavra que tem que ser muito bem pronunciada, sentida e compreendida por 40 semanas: ESPERAR. Enquanto o mundo corre, e o tempo passa sem parar, a gravida tem que esperar. Longas 40 semanas hein? Cada semana é um passo a mais pro desenvolvimento da vida, pro milagre da vida. Um graozinho pequenininho que se torna um serzinho igual a nos em miniatura e vem ao mundo sem saber o que é o mesmo. Gravidas sao definitely(definitivamente)seres superiores. Temos a bençao de armazenar o inicio da vida, os hormonios favorecem a nossa beleza com cabelos brilhosos, unhas fortes e pele bonita. Gente é TUDO né? Agradeçamos a bençao que Deus nos da por podermos nos tornar maes, de podermos gerar nossos frutos carnais pois isso é algo exclusivo! Uma gravidez é algo unico. Unico. Unico.
Bebes sao sempre bençaos que chegam pra trazer luz às nossas vidas, novas direçoes, renovaçoes.
Aproveite ao maximo seu bebe dentro de voce, cada momentinho dele se desenvolvendo no seu ventre é unico, preste muita atençao, pois voce nunca mais vai viver isso, voce so fica gravida do primeiro filho UMA unica vez, explicando-me melhor: O descobrir de uma gravidez, a duvida de "como vai ser quando ele nascer", o "ser mae de primeira viagem" é agora, é hoje, é unico. Sao sensaçoes que voce esta sentindo pela primeira vez. Isso vai durar, ta durando ou durou 40 semanas, e foi tudo novo. Claro que toda gravidez é diferente da outra e unica, mas o que eu quero dizer é que quando se sente isso pela primeira vez é A PRIMEIRA VEZ. Ser mae é algo lindamente lindo 2, 3, 6, 10 vezes.
Estou super realizada com a minha gravidez, grande sonho se concretizando da maneira mais tranquila e abençoada possivel. Obrigada a toda a minha familia, meu namolado e amigosqueridos por agoentarem meus humores de gravida, minhas chatices e enjoos. Obrigada por cada dengo, mimo, carinho e amor. Em especial minha mamis que todo dia tem muita paciencia comigo, me faz comidinha, me da carinho, faz meus gostinhos e é uma fofa!

Deixo fotos de corpo inteiro do meu barrigaozaozao, de quase 35 semanas de gravidez. Estou ansiosissima  e pedindo a Deus que o Luigi espere as 40 semanas para nascer, pois ainda tem muita coisa pra fazer e o papai dele tem que chegar daqui ha 2 weeks! SuperFiliz eu! Enfim... beijitchous a todos.

04 setembro 2011

Parto de lado

Gente que parto mais lindo! Muito tranquilo. As enfermeiras excelentes e carinhosas(apesar de nao entender nada em frances, achei lindo!) Vale muito a pena ver e se inspirar!
Uma querida blogueira postou na sua pagina o relato do seu parto de lado e fiquei curiosa para ver como era... Ela adicionou que tinha lido anteriormente que o parto de lado ajudava a nao ter laceraçoes(cortes na regiao do perineo). Passou por um trabalho de parto muito bom e teve a filha de lado.
O video mostra como é esse parto de lado. Amei gente, quero essa tranquilidade quando for parir.

Mae é mae

Em qualquer lugar, momento, espaço, espécie.

02 setembro 2011

Que cansaço

34 semanas de gravidez.
Luigi esta muito grande, essa semana vou fazer uma outra ultrassom pra verificar peso, tamanho, e claro, ver se esta tudo bem com ele. A minha barriga esta grande, agora sim digo que ela cresceu! Nao acho que engordei muito nesses 8 meses, acho que engordei o tanto certo, apesar de nao lembrar quanto estava pesando antes de engravidar, ja que emagreci no começo da gravidez devido ao enjoo insuportavel na Asia. Mas acredito que ganhei uns 9 kg até agora. O que caracteriza essas semanas sem duvidas é o cansaço que aumentou, nao to com vontade nem de ficar no computador, porque se  fico sentada, a barriga incomoda, se fico no sofa, fico mudando de posiçao, no final acabo tendo que deitar de lado pra ficar mais confortavel. Tenho tentado me movimentar o maximo possivel! Sempre que da, saio com a mamae de bicicleta, yes eu ando de bicicleta! ADORO bicicleta, e é mais facil acompanhar a minha mae se vou de bicicleta, ja que ao andar, a barriga pesa muito e as vezes doi no pé da barriga, entao vou na bicicletinha devagarzinho, de boa. O medico disse que nao tinha problema, aqui é bastante comum ja que é uma cidade pequena, com pistas especificas para ciclistas, ele apenas me disse para nao andar por estradas esburacadas e nao ir muito rapido pra nao perder o controle ou equilibrio da bike.
Enfim, as vezes busco caminhar um pouco tambem, como ja estou naturalmente cansada, fazendo exercicios fico mais ainda. Mas nao consigo ficar parada. Ja ta chegando perto do Luigi nascer, e fico super ansiosa pra ajeitar os ultimos detalhes, correr atras do que ta faltando, e fazer alguma coisa pra nao ficar em casa parada, esperando, esperando e esperando. Hoje por exemplo fui no trabalho da minha mae com ela, tomamos café da manha com os queridos Brunino e Clara, conversamos e depois fomos na casa de uma senhora que a minha mae ja trabalhou pra ela. Ela é uma fofa, é velhinha e tem varios problemas de saude, anda em cadeira de rodas. Desde que ficou na cadeira de rodas nao saiu na rua, porque nao tem quem a ajude a descer as escadas do predio onde vive. Quando a minha mae deixou de trabalhar pra ela, ela quase entrou em depressao, porque é apaixonada pela minha mae. Ela tem filhas, mas aqui na Italia, é muito raro encontrar filhos que retribuam metade do cuidado e consideraçao para com os pais.
Entao, a minha mae vai la pelo menos uma vez por semana pra ver como ela ta, leva coisinhas pra agrada-la, fica a tarde fazendo companhia a ela, enfim, faz ela se sentir um pouco querida. Entao passamos a manha la com ela, e marcamos de voltar amanha pra leva-la pra passear pela primeira vez desde que ela se encontra em cadeiras de roda(um ano mais ou menos). Entao, amanha ja tenho coisinhas a fazer, fui a encarregada de tirar de fotos e registrar esse momento!
Bom, depois disso, fomos no supermercado, e uma amiga da minha mae passou a tarde com a gente aqui em casa.
Eu to super cansada :/
Tirei uma foto do barrigaozaozao pra voces verem como ta enoooorme! Depois vou postar uns videos super legais que eu vi na internet!
Agora ja vou, deitar ali que ta um poco dificil esto de tener un barrigon.

Dilatação: Será que vou ter?

Gente, esse post foi copiado do blog da Cris (Cris, a doula), ele é realmente muito interessante, e pra mim foi muito informativo, se quiserem mais informaçoes, acessem o blog dela, que é excelente! Ela é doula e é do Sul do Brasil. Coloquei o  post na integra, sem tirar ou por nada, entao enjoy it!


Bom, o post fala sobre dilataçao do colo do utero quando a mulher esta em trabalho de parto.
Beijos pras amigas que vao ser mamis tambem. Desejo força, amor e calma pra hora do parto de voces minhas queridas. 




Segue o post abaixo:




Achei no blog da minha amiga doula Priscilla Rezende um post muito legal falando sobre a dilatação, sobre '' não ter passagem'' e vou copiar aqui para que vocês entendam como o corpo funciona. Muito importante lembrar que toda mulher dilata, mas algumas dilatam muito rápido ( 2, 4 horas) e outras mais lentamente ( 12 horas, 24, 48 horas). 
Lembrando também que o colo do útero dilata mais na fase ativa do trabalho de parto, então quando a mulher interna muito cedo na maternidade, ainda com as primeiras contrações que vem em intervalos de 5 minutos ou mais, elas terão pouca dilatação. Na verdade, elas as vezes nem estão em trabalho de parto, ou estão ainda na fase latente, a mais demorada e menos eficaz.


"Quando a mulher entra em trabalho de parto, esse colo, antes grosso, começa a afinar. Vocês podem ouvir na cena do parto o profissional dizer que o colo está grosso, médio, afinando, etc. Quando o colo termina de afinar, trabalhando em conjunto com as temidas contrações uterinas, ele começa a dilatar, pouco a pouco, em um processo que pode demorar horas...ou dias.A dilatação do colo do útero começa com 1cm e segue se abrindo até completar os 10cm ideais para o bebê poder sair de dentro dele. A dilatação acontece na saída do útero e não na vagina, como muitos acreditam. A vagina é um músculo que contrai e relaxa, ok?


Os profissionais conseguem definir o quanto o útero está dilatado através do exame de toque
obstétrico. Segue abaixo uma imagem que representa o posicionamento dos dedos do profissional durante o exame, que abre os dedos em formato de tesoura.


Estime-se que, em trabalho de parto, a dilatação aumente 1cm por hora. Mas isso não é uma lei, cada parto é um parto e a natureza age se permitirmos. Durante os primeiros centímetros, as contrações têm um intervalo maior, o que permite à mulher suportá-las facilmente. É o momento em que, em uma gestação de baixo risco, a parturiente pode ficar em casa, procurar se distrair e não se focar em cronometrar as contrações. Lembre-se: um trabalho de parto pode durar horas e é cansativo, aproveite esse período para descansar, relaxar.

Infelizmente, no cenário obstétrico atual do Brasil, temos que ter um profissional engajado na busca pela promoção da humanização do parto e nascimento, um profissional que esteja preparado para encorajar a mulher a aguardar pacientemente a dilatação se concluir e, principalmente, a encoraje e a permita trabalhar esse parto, com a ajuda de uma doula e do acompanhante, em um ambiente que não seja aversivo, de modo que o trabalho de parto transcorra de forma respeitosa, sem que sejam necessárias intervenções para acelerar o processo e que, consequentemente, aumentem as chances de a mulher precisar ser submetida à uma cirurgia cesariana.


Portanto, se você está grávida e seu médico só de olhar pra você disse que você não tem passagem, ou se a sua mãe precisou ser submetida à uma cesariana por esse motivo, não precisa se preocupar porque sem dilatação não há trabalho de parto, procure um profissional que tenha experiência e vontade de acompanhar partos naturais e fique tranquila, pois o seu colo irá dilatar na hora certa.

Durante o trabalho de parto, seu bebê estará sendo monitorado e qualquer alteração na frequência cardíaca do feto será identificada pelo profissional responsável, caso você precise ser submetida à uma cesariana para salvar o seu bebê da privação de oxigênio antes que a sua dilatação esteja completa, saiba que a indicação da sua cesariana será bebê apresentando sofrimento fetal e não "falta de dilatação" ou "de passagem".

Precisamos acreditar que todas essas mulheres vítimas do sistema, principalmente as brasileiras, não vieram com defeito de fabricação!!!
Fonte: